#Brands

Cia. Hering lança seu programa de trainee 2021

Totalmente reformulado, o programa “Conexão trainee” visa o desenvolvimento de pessoas para carreiras no varejo de moda

18 de maio de 2021 – Para quem está em busca de novas oportunidades profissionais, a Cia. Hering acaba de comunicar o lançamento do Conexão Trainee. Neste ano, o programa reforça o foco no desenvolvimento de talentos para as carreiras no varejo de moda, preparando-os para assumir desafios estratégicos dentro da Cia. Além de fortalecer o propósito da empresa de impulsionar negócios e conectar marcas às pessoas. Serão 6 vagas para a unidade de São Paulo, divididas entre as áreas de Transformação Digital (contemplando estratégia, inovação e digitalização) e Produto (formando especialistas em Merchandising). As inscrições podem ser realizadas entre 17 de maio e 13 de junho pelo link https://traineeciahering.com.br e, com o apoio de um chatbot, não levam mais do que 5 minutos, em média.

Para participar, os interessados deverão ter graduação concluída de dezembro de 2017 a julho de 2021. Não há restrição de cursos nem exigência de experiências anteriores. “O programa de Trainee da Cia. Hering tem como objetivo trazer profissionais que possam alimentar o pipeline da empresa com seu potencial, e que buscam alavancar sua carreira, visando uma curva de desenvolvimento nas áreas estratégicas do nosso negócio”, conta Renata Del Bove, Diretora de Gente, Cultura e Sustentabilidade na Cia. Hering. Ainda segundo Renata, “a Cia. Hering busca uma variedade de perfis, sendo que cada um terá oportunidade para ser quem é, num ambiente diverso e inclusivo. Pessoas criativas e inovadoras, que gostam de atuar como donas do negócio e que são movidas por resultados, serão valorizadas”.

O Conexão Trainee foi desenvolvido em parceria com a consultoria Matchbox, que será responsável por conduzir a experiência do candidato, de acordo com o padrão já praticado pela Cia. Hering. O processo de seleção será 100% online, com envolvimento das principais lideranças da Cia. Após uma triagem inicial, os candidatos passarão por testes de lógica, avaliação de aderência cultural à empresa, game de competências, dinâmicas e entrevistas, além de um painel final com gestores e apresentação de um case para aprovação.

A partir do início de trabalho, previsto para 2 de agosto, o programa terá duração de 18 meses, com o diferencial de os profissionais se tornarem experts em suas áreas de atuação. Neste período, estão incluídas as etapas de integração e imersão nas áreas de negócio, vivência em loja, mentorias e treinamentos específicos sobre varejo, moda, transformação digital e estratégia. “Será um mix de agendas técnicas, inspiracionais e muitas trocas entre as áreas da empresa e de outras fontes do mercado. Os profissionais terão uma ampla bagagem acumulada pelo job rotation, e também irão se aprofundar na especialidade em que estarão alocados”, reforça Renata. Para ajudar na construção desta jornada e acompanhar os talentos, a Cia. Hering estabeleceu parceria com a Capta, consultoria especialista em Desenvolvimento Humano.


Cia. Hering conclui primeira etapa da iniciativa social Vestir o Brasil

Com o exercício de reflexão sobre “Como a moda pode transformar e vestir um Brasil melhor”, jovens de todo País exercitaram a inovação

A Cia. Hering acaba de finalizar a edição de 2020 da campanha Vestir o Brasil – cujo mote é a colaboração, ativando a educação empreendedora e dando voz e visibilidade a jovens de diferentes regiões do País. Em parceria com a Fundação Hermann Hering, com o Instituto Reciclar e com a Junior Achievement, a ação promoveu oficinas de inovação e criatividade para premiar as melhores ideias.

Ao todo, foram 72 alunos participantes, 12 ideias de inovação apresentadas, 11 estampas desenvolvidas, 18 mentores voluntários, 10 encontros e 20 horas dedicadas. No dia 25 de setembro, quando efetivamente a Cia. Hering completou 140 anos foi celebrado o Dia da Básica, e, desta data até 27 de setembro, 100% das vendas nas lojas Hering de camisetas World T-shirt brancas foram revertidas para a plataforma Vestir o Brasil. A ação representou um montante de R$ 255 mil repassados ao projeto.

“Vestir o Brasil tem o propósito de empoderar os jovens e fomentar o empreendedorismo em comunidades do Brasil pelos próximos 10 anos”, comenta Thiago Hering, Diretor Executivo da Cia. Hering. “Esta é mais uma importante aproximação da empresa com a comunidade, ativando um stakeholder muito importante para nós, que são os jovens”, conclui.

 

Na prática

Com a Junior Achievement, foram realizadas oficinas para aplicação da metodologia Innovation Camp, discutindo-se a questão: “Como a moda pode transformar o Brasil?”. Ao final, as equipes apresentaram suas propostas de inovação e empreendedorismo. “A ideia vencedora está sendo considerada pela Cia. Hering como um projeto piloto, que está em fase de avaliação de viabilidade, já com grande potencial de sucesso”, comenta Thiago. Os jovens do grupo vencedor, serão premiados com um “Armário Hering” até 2025, o que representa um investimento da empresa no valor de R$ 122 mil.

Já em parceria com o Instituto Reciclar, ao longo de outubro, aconteceram encontros para capacitação e reflexão sobre a questão: “Como a moda pode vestir um Brasil melhor?”.  E, as ideias foram traduzidas em estampas. Uma delas será escolhida para ser aplicada na básica branca e vendida no site da Hering, com 100% do lucro revertido para o próprio Instituto.

“A campanha Vestir o Brasil foi lançada em setembro de 2020 com o objetivo de colaborar. Já que no ano em que celebrou 140 anos, a Cia. Hering achou que esta seria a forma mais relevante de atuar nas comunidades. Agora, nosso plano é seguir com o projeto nos próximos anos, adaptando diferentes mecânicas, mas sempre com a proposta de estimular a parceria com os jovens”, finaliza Thiago.


Hering Kids lança parceria com Enjoei

A Hering Kids acaba de lançar parceria com a plataforma Enjoei. Com a iniciativa, a marca entra no mercado de second hand como agente facilitador para esta tendência de mercado. O objetivo é estimular a prática do consumo consciente e a economia circular. Afinal, o desapego de um, pode ser o próximo look de outro.

A mecânica da ação funciona assim: uma transação na lojinha Hering Kids do Enjoei vale 10% de desconto no site da marca. No site também é possível encontrar um destaque especial com todos os desapegos de Hering Kids existentes na plataforma.

“Como marca, achamos importante incentivar estas práticas, que contribuem para uma economia mais sustentável, dentro da lógica da circularidade. As crianças crescem muito rápido. E, roupas podem ser trocadas ou vendidas, ainda em excelentes condições”, conta Fabíola Guimarães, Diretora de Marcas da Cia. Hering.

De acordo com um estudo da McKinsey & Company, cerca de 60% da população brasileira está fazendo mudanças no estilo de vida para reduzir o impacto no meio ambiente e fazendo compras mais responsáveis. “Nesta linha, entendemos que nosso portfólio de básicos oferece produtos curingas, que são atemporais, podem ser combinados de diversas formas, e, fazer parte da história de diferentes crianças”, comenta Fabíola.

Para estimular o engajamento, fazem parte da campanha as influenciadoras @macetesdemãe, @promovidaamae, @framissmae, @karenmakh, @malademae e @erika.oliver.blog. Juntas, elas vão ajudar a disseminar o propósito do consumo consciente e das roupas Hering Kids para impulsionar as descobertas da infância – que são estilosas, duráveis e oferecem liberdade e conforto para as crianças brincarem.

Esta é uma primeira ação da marca neste formato, com potencial para se transformar em um modelo de negócios. Segundo uma pesquisa da empresa de análise de varejo GlobalData, estima-se que o valor movimentado pelo segmento em todo o mundo deve ir de US$ 24 bilhões em 2019 para US$ 51 bilhões em 2025, o que equivale a um aumento de 112,5%.

Esta novidade da Hering Kids está conectada com as prioridades estratégicas de sustentabilidade da Cia. Hering. Dos primeiros teares, em 1880, aos tecidos tecnológicos e novos canais de hoje, a Cia. Hering sempre se preocupou em estabelecer relações justas e sustentáveis – com as comunidades, com o meio ambiente e como negócio. Você sabia? A Cia. Hering mantém uma reserva ambiental com 4,2 milhões de metros quadrados e há mais de 25 anos apoia causas sociais como a campanha O Câncer de Mama no Alvo da Moda. A empresa foi pioneira no formato de produção body size – que elimina as costuras laterais das peças, representando uma economia de 33% em matéria-prima, água e energia. A agenda de sustentabilidade é viva e é de todos.

 


Em comemoração aos 25 anos de parceria com O Câncer de Mama no Alvo da Moda, Hering lança campanha com mulheres reais

No mês de conscientização pela luta contra o câncer de mama, a Hering lança uma nova campanha – que além de reconhecer a força das mulheres e a importância do autocuidado, celebra os 25 anos de parceria com O Câncer de Mama no Alvo da Moda.

O reconhecido Alvo Azul, já é estabelecido na mentalidade dos brasileiros. E, agora, junto com o movimento do outubro rosa, chega em uma abordagem sensível e real, mantendo o propósito de conscientizar sobre a prevenção e a importância de cuidar de si mesma.

A campanha é composta pela história de 5 mulheres que superaram a luta contra o câncer. À sua maneira, Ca Zorzi, Olívia, Lígia, Jo Monteiro e Mayara contaram como passaram por este momento delicado e o que trouxeram de aprendizado. Cada uma delas foi responsável por um ato de amor dentre os pilares: eu me cuido, eu me sinto, eu me respeito, eu me olho, eu me amo, eu me vejo, eu me toco, eu me admiro, eu me observo – que compõem o storytelling dos atos básicos de amor para a prevenção.

Com veiculação em mídia online, o conteúdo começa a ser divulgado a partir do dia 14 de outubro. “O objetivo é inspirar, informar e também apresentar tópicos educativos”, comenta Fabíola Guimarães, Diretora de Marcas da Cia. Hering. “Além destas mulheres incríveis, temos a participação da médica @dradebora.tonetti, ginecologista obstetrícia, que gravou um vídeo para nosso canal no IGTV e também vai responder perguntas em uma ação que vamos fazer nos Stories”, complementa.

Para quem quer cooperar com a campanha, basta garantir sua camiseta com o Alvo Azul – a cada peça vendida, a Hering doa R$ 6,50 para o Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC Oncologia). Nestes 25 anos de campanha, já foram mais de R$ 18 milhões arrecadados, que contribuíram para a construção do hospital e para o tratamento de muitas mulheres.

Demais informações sobre a campanha O Câncer de Mama no Alvo da Moda estão disponíveis nos canais oficiais da marca:

@Hering_oficial

Hering.com.br


Iniciativas da Hering durante a pandemia são destaque na Folha de S. Paulo

O cenário atual nos trouxe a demanda de ter agilidade em responder aos novos desafios impostos. Neste sentido, implementamos rapidamente novos formatos de lançamento de coleções e novos canais de venda.

As cápsulas, com estratégia orientada por dados, se mostrou bastante eficiente para atender aos novos desejos do consumidor – na semana de lançamento destes produtos, observamos um giro 85% superior às coleções convencionais, com alguns produtos se esgotando em 48h. O conforto, que está no nosso DNA, ganhou ainda mais força. E, a conveniência em atender o cliente onde quer que ele esteja, com integração entre o online e offline, se consolidou como uma  tendência que veio para ficar.

Em nossa estratégia comercial, o social selling, que permite o pagamento de uma comissão a franqueados, multimarcas e colaboradores em vendas nos sites das marcas e via WhatsApp, por meio de vouchers que concedem benefícios exclusivos, se fortalece cada vez mais como uma ferramenta para estimular o empreendedorismo da nossa rede, nos aproximar dos clientes e garantir novas fontes de receita.

Com estas prioridades, seguimos alinhados com  nossos valores, e com os desdobramentos desse cenário: o cliente no centro das nossas decisões; os objetivos em sintonia com nossa rede de parceiros franqueados, multimarcas e marketplaces; o compromisso com a produção responsável e transparente, com boas práticas que nos levam para inovações pertinentes para um momento de mundo em que colaborar é uma realidade.


Cia. Hering está entre as 100 maiores empresas doadoras do Brasil

A Revista Forbes destacou uma onda de solidariedade inédita na luta contra a Covid-19. Ao todo, entre os meses de março e junho, foram mais de R$ 5 bilhões doados por quase 400 mil empresas de diferentes setores, além de pessoas físicas. E, neste movimento, a Cia. Hering destacou-se dentre as 100 maiores empresas doadoras.

 

Nossas respostas para esse cenário sem precedentes sempre estiveram alinhadas com nossa essência de cuidado e compromisso com as pessoas: sejam clientes, colaboradores e parceiros de negócios.

Ampliamos nossa presença em temas sociais urgentes, como apoio com doação de mais de 800 mil máscaras de proteção, contribuição para compra de ventiladores pulmonares e mais de 5 mil itens de vestuário para uniformização de equipes médicas, além de 6 mil camisetas brancas doadas como homenagem ao Dia do Enfermeiro”, conta Thiago Hering, Diretor de Novos Negócios e Varejo.

 

*Os dados para a matéria foram compilados pelo site Monitor das Doações, criado pela Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR), que faz parte de uma iniciativa mais ampla chamada Movimento por uma Cultura de Doação.

 


Ações sociais da Cia. Hering são destaque no Valor Econômico.

Na última sexta-feira, 26 de junho, o jornal Valor Econômico noticiou as doações promovidas pela Cia. Hering. Ao todo, foram mais de 800 mil itens doados, totalizando um montante superior a R$ 2 milhões.

As iniciativas fazem parte de uma resposta sistêmica e solidária para a sociedade. Os esforços foram direcionados principalmente para as comunidades onde a Cia. está inserida com suas unidades fabris e escritórios – Santa Catarina, Goiás e Rio Grande do Norte – além de regiões mais atingidas pela pandemia, como São Paulo e Rio de Janeiro. As ações são parte de uma agenda mais ampla trabalhada pela empresa, que tem na sustentabilidade um de seus pilares, por meio do qual cuida de toda a cadeia – contemplando negócio, meio ambiente e sociedade.


Cia. Hering destina mais de R$ 2 milhões ao combate da pandemia de COVID-19

Iniciativas contemplam produção de máscaras, uniformes hospitalares, camisetas brancas e coleções especiais com parte do lucro revertido para projetos sociais

Sensibilizada com os impactos sociais ocasionados pelo novo Coronavírus, a Cia. Hering tem criado iniciativas para ações de responsabilidade – como forma de construir uma resposta sistêmica e solidária para a sociedade. Utilizando a sua expertise na produção têxtil e no varejo de vestuário, direcionou parte da sua produção para a doação de uniformes e camisetas a unidades de saúde e de máscaras de proteção à população. Por meio de suas marcas, também foram lançados produtos com significado social, como os da coleção “Camisetas com Amor”, que reverteu 100% do lucro para a compra de ventiladores pulmonares, e, na temática de Dia das Mães, os da coleção “Amor Essencial”, que teve parte do lucro revertido para o projeto Mães de Favela, da CUFA (Central Única de Favelas). No total, são mais de 800 mil itens doados, o que corresponde a um montante de mais de R$ 2 milhões.

Ciente de seu papel como agente social, a companhia direcionou esforços para as comunidades onde está inserida com suas unidades fabris e escritórios – Santa Catarina, Goiás e Rio Grande do Norte – além de regiões mais atingidas pela pandemia, como São Paulo e Rio de Janeiro. As ações são parte de uma agenda mais ampla trabalhada pela empresa, que tem na sustentabilidade um de seus pilares, por meio do qual cuida de toda a cadeia – contemplando negócio, meio ambiente e sociedade.

AS INICIATIVAS

Para as iniciativas sociais, a Cia. Hering confeccionou 801.600 máscaras, 5.721 conjuntos de uniformes e 6 mil camisetas brancas.

As máscaras foram destinadas a projetos que atuam junto às comunidades carentes ou mais impactadas pela Covid-19. Foram beneficiados em Santa Catarina: o Batalhão de Infantaria, que atua no contato diário com a população, o Hospital de Santa Catarina, a associação Viver Bom Retiro (bairro onde a empresa foi fundada) e a ABADA – Associação Blumenauense de Amigos dos Deficientes Auditivos –  para este caso, foram confeccionadas máscaras especiais, com material transparente na boca, o que facilita a comunicação das pessoas com deficiência auditiva.  Ainda no estado, a FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina) deve distribuir, ao longo da última semana de junho, mais 245.000 máscaras doadas pela Cia. Hering. Já em São Paulo, foram beneficiados os projetos Casa 1 (Centro de Cultura e Acolhimento LGBTQI+), Lado B, CUFA (Central Única de Favelas) e IBCC (Instituto Brasileiro de Controle do Câncer – do qual a marca Hering é parceira há mais de 25 anos). A CUFA também foi beneficiada no Rio de Janeiro. E, em Goiás, a OVG (Organização de Voluntárias de Goiás) já recebeu 300 mil máscaras para distribuir para a população em vulnerabilidade social do estado. A Cia. entregou ainda 100 mil máscaras, ao governo de Goiás e 15 mil máscaras à comunidade de Goianésia.

Para a proteção dos profissionais da saúde no contato diário com pacientes testados positivos, a Cia. desenvolveu uniformes especiais atendendo às recomendações necessárias para os EPIs (equipamentos de proteção individual). Com estes uniformes, foram atendidos hospitais de Santa Catarina e Goiás, além das Secretarias de Saúde de Natal e Parnamirim, no Rio Grande do Norte.

Ainda, como homenagem aos profissionais que estão na linha de frente do tratamento e cuidado com as pessoas acometidas pela Covid-19, a marca Hering realizou uma ação especial para os dias do Enfermeiro e do Técnico de Enfermagem, que são celebrados em maio. A ação envolveu a doação de 6 mil camisetas brancas e a divulgação de uma campanha como forma de agradecimento pelo compromisso destes profissionais.

Na linha de produtos, e, contabilizado como extra aos R$ 2 milhões em doações, a marca Hering destinou parte do lucro da coleção “Amor Essencial” ao projeto “Mães de Favela”, iniciativa também da CUFA, que auxilia as mães que, hoje, estão desempregadas e precisam cuidar de suas famílias. Ao todo, a coleção reverteu R$ 10.842,00 para o projeto. A Hering também comercializou outra coleção cápsula, com o objetivo de destinar 100% do lucro para a compra de ventiladores pulmonares. Este é um dos equipamentos mais utilizados para pacientes em tratamento avançado da COVID-19. Para tanto, foram arrecadados R$ 22.089,00, que foram repassados ao Hospital das Clínicas de São Paulo.

OS DESTINOS

Segue abaixo o quadro completo com quantitativo e destino as doações:

Material Quantidade Beneficiários Estado
Conjuntos de uniformes 5.721    
  3.101 Secretaria Municipal de Saúde de Natal e Fundo Municipal de Saúde de Parnamirim RN
  1.340 Hospitais de Santa Catarina: Santa Isabel, Santa Catarina e Santo Antônio SC
  1.280 Hospitais de Goiás: Fundo Municipal de Saúde de Paraúna, Fundo Municipal de Saúde de São Luis de Montes Belos, Hospital Vital de São Luis de Montes Belos, Fundo Municipal de Saúde de Goianésia GO
       
Máscaras 801.600    
  50.000 Batalhão de Infantaria SC
  5.000 Hospital de Santa Catarina SC
  600 Abada – Associação Blumenauense de Amigos dos Deficientes Auditivos SC
  5.000 Viver Bom Retiro SC
  245.000 FIESC – Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina – distribuição para comunidades SC
  1.000 Casa 1 SP
  10.000 IBCC – Instituto Brasileiro de Controle do Câncer SP
  30.000 Lado B SP
  20.000 CUFA – Central Única de Favelas SP
  20.000 CUFA – Central Única de Favelas RJ
  300.000 OVG – Associação de Voluntários de Goiás GO
  100.000 Projeto do Governo GO
   15.000  Comunidade Goianésia GO
Camisetas brancas 6.000    
  4.500 Conselho Regional de Enfermagem SC
  650 Hospital Santa Isabel SC
  450 Hospital Santa Catarina SC
  400 Hospital Santo Antônio SC
       
Doações pela marca Hering  R$   32.931,00    
Coleção Camisetas com Amor  R$   22.089,00 Hospital das Clínicas SP
Coleção Amor Essencial  R$   10.842,00 CUFA – Central Única de Favelas SP

 


Hering homenageia profissionais de enfermagem e doa camisetas brancas

Parte das 6 mil peças doadas será distribuída pelo Conselho do Profissional de Enfermagem

 

A camiseta básica branca, além de ícone da Hering, é item indispensável no guarda-roupa dos brasileiros e traje de trabalho dos profissionais da saúde. Para contribuir com o suprimento destas peças de vestuário, especialmente neste momento de combate à pandemia da COVID-19, a Hering doará seis mil camisetas para os enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem de Blumenau no mês de maio.

Além deste gesto, a marca convidou seus colaboradores a vestirem a camiseta e prestarem uma homenagem a estes profissionais. O resultado será divulgado nas redes sociais (@hering_oficial).

A iniciativa tem o objetivo de atuar no reforço da segurança para o atendimento da população em razão do novo coronavírus e enaltecer os profissionais da saúde que estão na linha de frente do combate.

As camisetas serão enviadas na semana do dia 12 de maio aos Hospitais Santa Catarina, Santo Antônio, Santa Isabel e para a sede do Conselho Regional de Enfermagem (COREN) do estado, em Blumenau, que vai apoiar a distribuição das camisetas para os profissionais da cidade, ao longo do mês de maio.


Cia. Hering incrementa iniciativas sociais e doa 300 mil máscaras a Goiás.

Reforçando as ações solidárias que a Cia. tem feito no combate à COVID-19, direcionamos parte da nossa produção para confeccionar 300 mil máscaras de tecido e doá-las à população vulnerável de Goiás, por meio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), estado onde temos unidades produtivas e um CD.

A iniciativa tem o objetivo de contribuir com a proteção de pessoas carentes da região, por meio da doação e do incentivo ao uso de máscaras – item que reduz as chances de contágio do novo coronavírus –, além de colaborar com o amparo das famílias goianas em situação de vulnerabilidade social!

A confecção das máscaras, que vem sendo realizada em sua maioria por uma rede de fornecedores da Cia. no estado de Goiás, também contribui para a sustentabilidade destas pequenas empresas que são remuneradas pela produção. Já são 35% de empreendedores da rede da companhia que operam neste estado, número que deve crescer nas próximas semanas, sempre respeitando todos os padrões de higiene e distanciamento social recomendados pelos órgãos de saúde.

Desta forma, as máscaras protegem a saúde e também apoiam a manutenção de empregos e a economia local.